fbpx

Imposto de Renda

Imposto de Renda 2020. Novidade na declaração de veículos

Pensando em Imposto de Renda, uma pergunta comum é como declarar a posse ou venda de um veículo? Qual ficha deve ser preenchida? Quais informações devem ser citadas? Pensando nisso, aqui estão algumas dicas.

Novidade na declaração de veículos 

Em 2020, torna-se necessário um detalhamento maior sobre alguns tipos de bens e o carro é um deles, tais como informar o número do RENAVAM, no campo discriminação citar a marca, modelo, ano de fabricação e placa, além da data e forma de aquisição do automóvel. 

Os dados devem ser inseridos na ficha “Bens e Direitos”, indicando a linha “21 – Veículo automotor terrestre: caminhão, automóvel, moto etc.”, bem como a sua “localização (País)”.  Vale lembrar que para as pessoas com deficiência (PCD), que compraram um carro com o desconto, não há diferença na hora de declarar. Entretanto, é necessário apontar no campo “Discriminação”, o motivo de ter realizado a compra com um valor menor. 

E se possuir um veículo financiado? 

Com a obrigatoriedade dessas informações detalhadas, a declaração do contribuinte tem mais credibilidade, o que minimiza a possibilidade de pagar multas para o Leão. Porém, nos casos de veículos financiados, é importante estar ainda mais atento na hora de calcular os gastos anuais e preencher os informes. 

Fonte: https://www.jornalcontabil.com.br/ir-declaracao-de-veiculos-veja-o-que-mudou-e-como-declarar/

Tem dúvidas de contabilidade? Entre em contato conosco.

#Contabilidade #GJacintho #Contador #Impostoderenda #IR

A melhor opção em contabilidade para seus negócios no Brasil.
www.gjacintho.com.br

Você pode destinar parte do IR que você pagaria para Receita Federal para o Fundo dos Idosos

Você sabia que pode destinar parte do Imposto de Renda que você pagaria para Receita Federal para o Fundo dos Idosos?

Esteja em dia com o Fisco e ainda ajude quem precisa neste momento de grande dificuldade, especialmente para os idosos.

A doação para Fundo dos Idosos, a partir desse ano de 2020, poderá ser feita direto na declaração, e destinar parte do valor do imposto a pagar para os fundos controlados pelo Conselho Nacional Estadual e Municipal do idoso. Para os demais casos de doação, continua valendo a exigência de doar durante o ano anterior.

O valor da doação para os fundos do idoso está limitado a 3% do imposto devido. Além disso, a soma das doações para fundos do idoso, fundos ligados ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), incentivo à Cultura Desporto e à Atividade Audiovisual não pode ultrapassar 6% do imposto devido.

Em caso de dúvidas entre em contato conosco.

#Contabilidade #GJacintho #Contador #Tributação #Declaração #Imposto

A melhor opção em contabilidade para seus negócios no Brasil.
www.gjacintho.com.br